Ao viajarmos, sempre surge a dúvida sobre hospedagem. Na Argentina não é diferente e nesse post você vai sanar a dúvida de onde se hospedar em Buenos Aires.

Para facilitar, esse post traz um guia dos principais bairros da cidade que estão na rota turística, com prós e contras de cada um, além de suas principais atrações, para que decida qual o melhor bairro para se hospedar em Buenos Aires.

Vamos lá?

Microcentro

É a região que concentra os arredores entre: Rua Cordóba/ Av. de Mayo/ Av. Nove de Julio e Calle Florida. É o coração de Buenos Aires e onde estão concentradas as principais atrações turísticas da cidade. A região possui uma ótima infraestrutura de transporte público, tanto metrôs, como ônibus e também conta com ótimos restaurantes nos arredores.

Vantagens

Se você quer fazer o máximo de coisas a pé, aqui é onde você deve se hospedar, pois é possível chegar a praticamente todos os pontos turísticos, que não são poucos nessa região, com uma caminhada, o que naturalmente faz com que a sua estadia na cidade seja barateada, pois precisará recorrer menos ao transporte público ou taxis e ubers.

Desvantagens

De todas as vezes que estive na cidade, me hospedei sempre em algum ponto do Microcentro e, particularmente, não vejo desvantagem alguma, uma vez que é lá que Buenos Aires acontece e pulsa, a qualquer hora. O que te dá maior autonomia para realizar os passeios e segurança para voltar para o hotel a qualquer hora, tomando apenas os cuidados que devem ser tomados em qualquer grande metrópole.

Principais Atrações

Casa Rosada e Plaza de Mayo, Calle florida, Galerias Pacífico, Obelisco, Café Tortoni, Teatro Colon e muitas casas de Tango como a Tango Porteño.

Recoleta

É um bairro nobre da cidade. Aristocrático e clássico!

Lá arquitetura imponente, tranquilidade e limpeza coexistem. Suas largas avenidas e seus inúmeros cafés são um eterno convite para a contemplação e longos passeios, sejam a pé ou de bicicleta.

Vantagens

É um bairro estratégico por estar exatamente no meio entre o Microcentro e Palermo, portanto, é possível aproveitar a tranquilidade de estar hospedado na Recoleta para uma caminhada despretensiosa no bairro que, certamente, terá o valor de um grande passeio ou migrar facilmente para um dos 2 bairros e conhecer seus extremos. Apesar de se tratar de um bairro nobre da cidade e abrigar uma grande sorte de hotéis 5 estrelas – inclusive o melhor hotel da cidade: Alvear Palace Hotel – é, sim, possível encontrar estadias com preço semelhantes aos praticados no Microcentro.

Desvantagens

Pouca possibilidade de fazer os principais pontos turísticos a pé, o que naturalmente vai gerar um desembolso maior de transporte público ou taxi/ uber.

Principais atracões

Cemitério da Recoleta, Feirinha da Recoleta, Floralis Genérica, Faculdad de Derecho, Biblioteca El Ateneo, entre outros.

Palermo

Bairro em sua maioria residencial, repleto de ruas tranquilas e arborizadas, com uma grande veia artística.

Vantagens

Bairro com uma atmosfera jovem e descomplicada, muito semelhante à Vila Madalena, bairro Boêmio de São Paulo. Arte e a cultura pulsam nas ruas de Palermo e esse é o principal atrativo do bairro, que conta com alguns dos melhores museus do país e uma boa concentração de restaurantes e barzinhos em Palermo Soho e Palermo Hollywood.

Desvantagens

Pouca cobertura de transporte público na região o que certamente encarecerá sua estadia na cidade, ainda mais levando em consideração que é um bairro bem distante do centro, onde as atrações turísticas estão mais concentradas.

Principais Atrações

Museu Evita e MALBA, Planetário Galileo Galilei, Bosques de Palermo (onde, entre outras atrações, está o IMPERDÍVEL – Rosedal de Palermo), Jardim Japonês, Zoológico de Buenos Aires, entre outros.

Puerto Madero

Um bairro portuário decadente que se transformou em   sinônimo de luxo, modernidade e diversão em Buenos Aires. Excelente opção para quem curte um ar mais cosmopolita, mas sem a atmosfera portenha clássica.

Vantagens

Bairro extremamente limpo, bem cuidado e fotogênico. Abriga alguns dos melhores e mais famosos restaurantes da cidade, além de algumas opções de tango, como o Madero Tango.

Desvantagens

Não ter o ar portenho pelo bairro, nem ouvir um mísero tango sequer ao passear pelas ruas, são as principais desvantagens da hospedagem aqui.

Principais atrações

Ponte de LA Mujer, Cassino de Buenos Aires, muitas opções de restaurantes, baladas e tangos.

San Telmo

Bairro histórico, e outrora aristocrático, traz consigo toda a alma de Buenos Aires. Seja pelos antigos e coloridos casarões coloniais, seja pelo chão de paralelepípedo ou pela constante trilha do mais autêntico tango, aqui você se dará conta que REALMENTE está em Buenos Aires.

Vantagens

A principal vantagem desse bairro é sentir pulsar a veia portenha a cada esquina, seja nas apresentações de tango dos casais, na Praça Dorrego, em uma terça–feira qualquer ou a oportunidade única de estar próximo à umas das feiras mais legais do mundo, que acontece todos os domingos, também, na mesma praça.

Desvantagens

O bairro pode parecer um pouco decadente e com pouco movimento durante a semana.

Principais atrações

Feira de San Telmo, Mercado de San Temo, Museu Histórico Nacional, Museu de arte moderna de Buenos Aires, Monumento Canto ao trabalho e o próprio bairro em si é uma grande atração.

Agora que você já conhece os principais bairros da rota turística de Buenos Aires, poderá escolher com tranquilidade qual o melhor bairro para se hospedar na cidade.

Me conte o que achou das dicas e compartilhe com amigos que estão precisando dessas informações.

LEIA TAMBÉM:


Aproveite e me siga no Instagram @ViagenseFeminices , e demais redes sociais, para conferir todas as minhas dicas de viagem em primeira mão.

Autor

Deixe seu comentário

Pin It